portal da computação    ciência da computação     engenharia de computação     pós-graduação webmail
Pós-Graduação em Computação
O PPGC-UFPel atualmente oferece cursos de Mestrado e Doutorado em Ciência da Computação. O Programa conta com 24 pesquisadores doutores, atuando em quatro linhas de pesquisa: Fundamentos de Computação, Processamento Paralelo e Distribuído, Sistemas Digitais e Embarcados e Sistemas Inteligentes.
por Gerson Cavalheiro, 3 dias atrás

Os Horários do PPGC 2018/2, bem como a oferta das disciplinas, encontram-se disponível.
As matrículas ocorrem no processo on-line, da forma tradicional.

 

 

por Gerson Cavalheiro, 9 dias atrás
Inovação e empreendedorismo no século XXI: o papel das universidades e do conhecimento organizacional
Prof. Alisson Eduardo Maehler
PPGDTSA – UFPel
Data: 16/07/2018, Horário: 17h10
Local: sala 434, Campus Porto

por Gerson Cavalheiro, 60 dias atrás
Ciclo de Seminários do PPGC
O Ciclo de Seminários do PPGC é aberto a toda a comunidade universitária da UFPel e tem por objetivo explorar a interdisciplinaridade da Computação e potencializar colaborações entre diferentes áreas do conhecimento. Participe.
Métodos de Pesquisa Qualitativa: Análise de Conteúdo e Análise Qualitativa Comparativa
Prof. Marcelo Fernandes Pacheco Dias
PPGDTSA – UFPel
Data: 28/05/2018
Local: sala 434, Campus Porto
Horário: 17h10

por Gerson Cavalheiro, 67 dias atrás
No último sábado 12 de maio de 2018, o projeto ExpPc liderado pela profa. Simone Cavalheiro e a iniciativa Elimu Social liderada pelo prof. Tiago Thompsen Primo e pela pesquisadora Kelen Bernardi participaram do 1o. Scratch Day Pelotas. O evento contou com diversas oficinas, incluindo Robótica, Programação de Jogos, Computação Desplugada entre outros. A parceria entre ExpPc e Elimu levou ao evento duas oficinas: Scratch sobre o sistema solar, apresentando aos alunos como programar uma nave que passeia por todos os planetas do Sistema Solar, e uma oficina de computação desplugada, que através do uso de transparências e materiais impressos estimulou o desenvolvimento dos quatro passos do pensamento computacional: Decomposição, padrões, abstração e algoritmos.
Muito obrigado a equipe UFPEL que se dispôs a participar do evento, e um salve especial aos alunos:
  • Bruna Klein Colucci
  • Dirceu Maraschin
  • Gleider Mackedanz de Campos
  • Jorge Nachtigal
  • Lucas Tortelli
  • Plinio Finkenauer
Agradecemos também à Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa – Núcleo Regional e Centro Tecnológico Educacional (CETEP) pelo convite.
por Gerson Cavalheiro, 93 dias atrás

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) está com inscrições abertas para os Testes de Competência em Leitura em Língua Estrangeira (TCLLE) para o primeiro semestre do ano de 2018. Confira notícia completa.

por Gerson Cavalheiro, 94 dias atrás

A UFPel recebe a Ideorum para realização de um curso de formação para uso do Cientum. Haverá duas turmas e o encontro tem duração de 3 horas. Serão duas turmas, uma dia 23 e outra dia 24 de abril, das 9h as 12h.

O Cientum é um sistema de gestão de pesquisadores, cujo o objetivo é fornecer análises gráficas de forma qualitativa, quantitativa e temporal sendo uma ferramenta de auxílio à tomada de decisão e alocação de recursos.

Acesse para inscrição (gratuita) e maiores informações.

por Gerson Cavalheiro, 94 dias atrás

O Coordenador do Programa de Pós Graduação em Computação da UFPel (PPGC/UFPel) torna público o Edital para Processo Seletivo Simplificado para Professor Visitante, sendo que uma das vagas é destinada a este Programa. A remuneração é dada pela Orientação Normativa SRH/MP Nº 5, de 28 de outubro 2009, podendo atingir o valor de R$ 19.440,48.

Estão habilitados pesquisadores brasileiros e estrangeiros, sendo e os contratos iniciais podem ser de até 12 meses para brasileiros e 24 meses para estrangeiros, ambos prorrogáveis por igual período.

por Gerson Cavalheiro, 97 dias atrás
Palestrante: Luciana Foss (Computação – UFPel)
Data: 16/04/2018
Local: sala 434, Campus Porto
Horário: 17h10

Título:  Gramática de Grafos: Especificação e Verificação Formal

Resumo:  A complexidade dos sistemas atuais requer o uso de métodos de desenvolvimento que garantem a corretude e a qualidade destes sistemas. Métodos formais de desenvolvimento podem ajudar a alcançar esses objetivos fornecendo mecanismos para descrever com precisão a estrutura e/ou o comportamento de um sistema, bem como disponibilizando técnicas de análise formal. Gramática de grafos é um formalismo flexível e bastante adequado para especificação de sistemas complexos que devem levar em conta orientação a objetos, concorrência, mobilidade e distribuição. De fato, grafos podem ser naturalmente usados para dar uma representação estruturada aos estados de um sistema, na qual são destacados os subcomponentes e suas interconexões lógicas. Os eventos que ocorrem no sistema e o fazem evoluir de um estado para outro podem ser modelados por aplicações de regras de transformação de grafos. Além disso, existem diversas técnicas e ferramentas que dão suporte a diferentes tipos de análise de sistemas descritos usando gramática de grafos. Nesta palestra será apresentada uma introdução a este formalismo.

por Marilton Sanchotene de Aguiar, 108 dias atrás

Título: Proposta de métodos de clusterização de dados com validação por testes de heterogeneidade e discordância aplicados à regionalização de bacias hidrográficas

Autor: LEROI FLORIANO DE OLIVEIRA

Orientação:

  • Marilton Sanchotene de Aguiar, Orientador (PPGC-UFPel)
  • Samuel Beskow, Coorientador (PPGRecHid-UFPel)

Banca Examinadora:

  • Paulo Roberto Ferreira Jr. (PPGC-UFPel)
  • Diana Francisca Adamatti (FURG)
  • Tiago Thompsen Primo (UFPel)

Data: 6 de Abril de 2018

Hora: 14:00

Local: Auditório da Reitoria

Resumo:
Através da regionalização de bacias hidrográficas é possível, dentre outras aplicações, fazer previsões estatísticas de vazões máximas e mínimas em cursos d’água. Diversos estudos demonstram bons resultados na utilização de clusterização para a formação de melhores regiões do ponto de vista hidrológico. Este trabalho aplica técnicas de aprendizado de máquina para a formação de regiões hidrologicamente homogêneas. Mais especificamente, neste trabalho foi explorada a utilização dos métodos: k-means, affinnity propagation, aglomerative clustering e regions of influence para a formação de regiões, o qual é feita uma comparação entre os métodos e a utilização de técnicas de seleção de atributos. Ainda, neste trabalho também são propostos três métodos para a solução do problema, utilizando ajuste dos clusters com base nas medidas de heterogeneidade e discordância de Hosking. Dois destes métodos utilizam o algoritmo k-means fazendo variações nos clusters iniciais de forma a buscar centroides que melhor representem regiões hidrologicamente homogêneas. O outro método combina resultados de clusterização com o método regions of influence. Com os métodos propostos foi possível alcançar uma melhora, de 63,2% para 90,5% de aproveitamento das regiões formadas para a aplicação da análise de frequência regional. Com este trabalho concluiu-se que os atributos selecionados apresentaram melhores resultados que a utilização de todos os atributos; e, que os métodos propostos demonstram grande potencial visto que apresentaram melhores resultados que outros métodos já existentes.

outras notícias recentes
por Gerson Cavalheiro em 29/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 26/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 22/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 21/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 20/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 13/03/2018
por Gerson Cavalheiro em 08/03/2018
por Gerson Cavalheiro em
por Gerson Cavalheiro em
por Computação UFPel em 02/03/2018
Não há eventos no momento.
CDTec UFPel
Find us on Google+