portal da computação    ciência da computação     engenharia de computação     pós-graduação webmail
Defesa de Dissertação: Ruhan Avila da Conceição
por Computação UFPel, 1 ano, 269 dias atrás

DEFESA DE DISSERTAÇÃO DE MESTRADO – PPGC

TítuloEarly Skip/DIS: Uma Heurística para Redução de Complexidade no Codificador de Mapas de Profundidade do 3D-HEVC

Autor: Ruhan Avila da Conceição

Banca Examinadora:

  • Prof. Dr. Luciano Volcan Agostini (UFPel/Orientador)
  • Prof. Dr. Bruno Zatt (UFPel/Coorientador)
  • Prof. Dr. Marcelo Schiavon Porto (UFPel/Coorientador)
  • Prof. Dr. Cláudio Machado Diniz (UCPel)
  • Profª. Drª. Tatiana Aires Tavares (UFPel)
  • Prof. Dr. Rafael Iankowski Soares (UFPel)

Data: 26 de fevereiro de 2016

Hora: 09:00h

Local: Lab. 1 (Sala 445), 4º andar do Campus Porto.

Resumo: Vídeos 3D provêem uma experiência visual elevada aos espectadores devido à percepção de profundidade das imagens. Apesar disto, o tamanho destes vídeos tende a crescer linearmente conforme o número de vistas codificadas, considerando formatos de vídeos convencionais. Neste cenário surge o formato Multiview plus Depth (MVD), o qual associa informações de distância entre os objetos da cena e a câmera (mapas de profundidade), permitindo um processo eficiente de síntese de vistas intermediárias, reduzindo o número de vistas a serem transmitidas. Ao contrário de padrões multivistas anteriores, o 3D-HEVC é capaz de processar mapas de profundidade, criando novas ferramentas para manipulá-los e codificá-los. Embora este fato proporcione um aumento na eficiência de compressão, o acréscimo de novas ferramentas no codificador acarreta no aumento da complexidade do processo. Assim, cresce a relevância de soluções que reduzam o tempo de codificação do 3D-HEVC, sem impactar significativamente a eficiência de codificação. Este trabalho apresenta uma heurística de redução de complexidade para o codificador de mapas de profundidade do 3D-HEVC, chamada de Early Skip/DIS. Uma análise sobre mapas de profundidade do 3D-HEVC é apresentada nesta dissertação, demonstrando que o particionamento 2Nx2N é largamente utilizado pelo codificador, visto que diversas ferramentas eficientes de codificação, utilizam exclusivamente este modo. A análise demonstrou que, além do 2Nx2N ser o modo de particionamento mais usado, a exclusão dos demais modos gera um impacto desprezível em eficiência de codificação, com ganhos mínimos em termos de tempo de processamento. Este fato conduziu ao desenvolvimento da heurística Early Skip/DIS, a qual visa evitar o teste dos demais modos/ferramentas de predição com base no custo RD gerado por estes modos. Os thresholds utilizados nesta solução são definidos de forma adaptativa. Resultados de simulação demonstraram que a solução é capaz de reduzir o tempo de codificação dos mapas de profundidade em até 33,7%, com um impacto médio de apenas 0,047% na eficiência de compressão da textura. A heurística proposta apresenta os melhores resultados de redução de complexidade para o codificador de mapas de profundidade entre os trabalhos relacionados.

CDTec UFPel
Find us on Google+