portal da computação    ciência da computação     engenharia de computação     pós-graduação webmail
Banca de TCC – Eduardo Gomes Lemos
por Marilton Sanchotene de Aguiar, 130 dias atrás

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Apresentações Finais (2017/2)

Transferência de estilo com redes neurais convolucionais: um estudo de caso com graffiti
por
Eduardo Gomes Lemos

Curso:
Ciência da Computação

Banca:
Prof. Ricardo Matsumura Araujo (orientador(a))
Luiz Fernando Sperb Gomes (coorientador(a))
Prof. Marilton Sanchotene de Aguiar
Profa. Tatiana Aires Tavares

Data: 22 de Fevereiro de 2018

Hora: 10:30h

Local: Sala 414

Resumo do Trabalho: A transferência de estilo tem como objetivo identificar o estilo de uma imagem e transferi-lo para outra imagem qualquer. Esta é uma tarefa computacionalmente intensa e difícil, pois sequer sabemos como definir o estilo adequadamente. Neste trabalho, utilizaremos um modelo de transferência de estilo para fazer um estudo de caso com o graffiti. O principal problema que atinge o graffiti é a falta de entendimento do público sobre ele. O pouco incentivo em sua produção, somado a uma restrita base de estudos sólidos e consistentes sobre o assunto, torna-o passível de diversos tipos de interpretações, como a errada associação ao vandalismo. Porém, aqui, iremos tratá-lo como outras manifestações artísticas existentes, com seus estilos e características próprias. O graffiti, com seu forte impacto visual, modifica o cenário urbano através de suas cores, formas e estilos, recebendo, assim, aceitação de parte da sociedade, a qual começa a vislumbrá-lo como uma forma de tornar a arte pública e acessível. Com o propósito de definir uma solução para a transferência de estilo utilizando imagens de graffiti, será utilizada uma rede neural convolucional pré-treinada e, em seguida, será implementado um modelo de transferência. Esse modelo tem como objetivo gerar imagens do gênero pesquisado; logo, estas serão avaliadas por dois grupos distintos. O primeiro grupo será composto por profissionais da arte e o segundo, por indivíduos comuns. A avaliação consistirá nas seguintes etapas: apresentação dos resultados com um método de preservação de cores e apresentação dos resultados sem esse método. Em ambas as etapas, o objetivo é definir se o estilo do graffiti foi bem representado pela transferência. A primeira etapa serve para identificar se o traço do artista apareceu nas imagens geradas; já a segunda tem como objetivo avaliar a transferência de uma maneira geral, isto é, se o estilo de traço e a paleta de cores do artista estão presentes no resultado. Os resultados obtidos evidenciaram uma dificuldade na transferência de graffitis que fizeram uso da técnica de estêncil. Além disso, obras que possuem um traço e uma paleta de cor definida obtiveram resultados significativos e ambos os grupos conseguiram identificá-las.

Para mais informações acesse: http://wp.ufpel.edu.br/notcc/bancas/historico/2017_2/

CDTec UFPel
Find us on Google+