portal da computação    ciência da computação     engenharia de computação     pós-graduação webmail
Banca de TCC – Náigon Medeiros Martins
por Marilton Sanchotene de Aguiar, 51 dias atrás

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Apresentações Finais (2017/2)

Desenvolvimento de uma Estação Meteorológica Baseada na Plataforma Arduino e Avaliação do Consumo Energético usando Diferentes Módulos de Comunicação Sem Fio
por
Náigon Medeiros Martins

Curso:
Engenharia de Computação

Banca:
Prof. Rafael Iankowski Soares (orientador(a))
Prof. Anderson Priebe Ferrugem
Prof. Leomar Soares da Rosa Jr.

Data: 08 de Março de 2018

Hora: 10:00h

Local: Lab 1

Resumo do Trabalho: Dispor de dados climáticos de um determinado local ou região é fundamental no sentido de extrair informações e estatísticas, seja com intuito meramente ilustrativo ou mesmo a tentativa de classificar um determinado evento climático de interesse e a frequência com que ele ocorre. Esses dados são obtidos por meio de estações de monitoramento meteorológicos, as quais dispõem de certa variedade de sensores que captam parâmetros climáticos (como temperatura, pressão atmosférica, umidade relativa do ar, velocidade do vento, nível de precipitação, etc.) que são amostrados e interpretados de acordo com a necessidade da aplicação. Entre os principais desafios enfrentados com o uso desse tipo de equipamento estão o acesso e a manutenção da estação meteorológica em lugares remotos e inóspitos, pois seu uso requer que o equipamento necessariamente tenha algum tipo de autonomia energética e precisão no sistema de comunicação devido à distância de uma eventual central de processamento de dados. Além disso, estações meteorológicas profissionais geralmente têm alto custo e sua complexidade de operação restringe o seu uso. Este trabalho tem o objetivo de explorar tecnologias de baixo custo financeiro e ferramentas de projeto open source tais como a Plataforma Arduino, para desenvolver uma estação de monitoramento climático automatizada e com autonomia energética provida pela captação da luz solar. Além disso, o trabalho propõe avaliar o consumo energético deste dispositivo frente a diferentes cenários climáticos e configurações de hardware, com foco em diferentes tipos de módulos de transmissão sem fio.

Para mais informações acesse: http://wp.ufpel.edu.br/notcc/bancas/historico/2017_2/

CDTec UFPel
Find us on Google+