portal da computação    ciência da computação     engenharia de computação     pós-graduação webmail
Banca de TCC – Rodrigo Vieira Falcão
por Marilton Sanchotene de Aguiar, 200 dias atrás

UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS
CENTRO DE DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO
TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO

Apresentações Finais (2017/2)

Aplicação do paralelismo via OpenMP em um programa de simulação de escavação de túneis pré-existente
por
Rodrigo Vieira Falcão

Curso:
Ciência da Computação

Banca:
Prof. Gerson Geraldo Homrich Cavalheiro (orientador(a))
Prof. Eduardo Costa Couto (coorientador(a))
Prof. Paulo Roberto Ferreira Júnior
Prof. André Rauber Du Bois

Data: 07 de Março de 2018

Hora: 08:30h

Local: Sala 413

Resumo do Trabalho: Um modelo é uma abstração matemática de um processo real ou, ainda, é uma representação dos aspectos essenciais do sistema em uma forma utilizável. Na Engenharia, os modelos podem ser físicos ou matemáticos. Modelos numéricos (uma subdivisão dos matemáticos) utilizam sistemas de equações cuja solução depende de métodos numéricos. Computadores desempenham um papel essencial na aplicação prática destes modelos, pois os métodos citados são exigentes e complexos, razão pela qual são conhecidos também como modelos computacionais. O Método dos Elementos Finitos (MEF) é do tipo numérico e gera um sistema de equações lineares cuja resolução é a resposta aproximada do problema em estudo. Baseado nos dados colhidos com a ferramenta GProf, optou-se por explorar o paralelismo nos loops presentes na subrotina Solver, pois esta é responsável por 98% do tempo total de execução do software! Nota-se que todos os loops paralelizados possuem um espaço de iterações idêntico e bem extenso, o que justifica sua divisão e computação por um time de threads como estratégia de redução do tempo gasto na referida subrotina e, por consequência, no programa como um todo. O problema da Engenharia Civil (escavação de túneis) tratado neste Trabalho de Conclusão de Curso demanda elevados recursos computacionais para ser solucionado. Se for empregada a programação sequencial nos seus algoritmos e dependendo da configuração da máquina usada na simulação, os resultados finais podem levar dias para sair. Portanto, a fim de acelerar os cálculos necessários neste processo complexo e moroso, a programação paralela (na figura do OpenMP) surgiu como um caminho viável de abordagem a fim de resolver a questão do desempenho da aplicação de Couto. Ao final, atingiu-se o objetivo primordial de reduzir o tempo consumido nas análises numéricas tridimensionais exigidas pelo processo de escavar e colocar suporte em um túnel.

Para mais informações acesse: http://wp.ufpel.edu.br/notcc/bancas/historico/2017_2/

CDTec UFPel
Find us on Google+